quarta-feira, 13 de novembro de 2019

SEMANA DE VIVÊNCIA EM DANÇA NA ACADEMIA FLAP


MERCADÃO DA PROCHET APRESENTA DERICO


REVISTA D-ARTE LONDRINA RECEBE MATERIAL PARA PUBLICAÇÃO


ACADEMIA FLAP TEM AULA PRATICA EM DANÇA DE SALÃO


CAMBÉ: DOMINGO TEM PAQUERA NO VIANAS BAR


segunda-feira, 4 de novembro de 2019

TV E CINEMA PERDEM JORGE FERNANDO



Morreu na noite deste domingo (27), no Rio, o ator e diretor Jorge Fernando. Ele sofreu um aneurisma da aorta abdominal. Jorge Fernando foi responsável por muitos dos maiores sucessos da televisão brasileira. E com um sorriso enorme e iluminado, conquistou o carinho de uma legião de colegas e de fãs.

Ao longo de mais de quatro décadas de carreira, Jorge Fernando dirigiu mais de 30 produções. Nascido, criado e formado no subúrbio carioca, ele trouxe para TV brasileira um estilo alegre, espirituoso, exagerado.

domingo, 3 de novembro de 2019

HAMILTON SE TORNA HEXA CAMPEÃO NOS ESTADOS UNIDOS

Lewis Hamilton chegou ao final de semana do GP dos EUA com tudo encaminhado para o hexacampeonato. E não decepcionou. De quebra, ainda brigou pela vitória até o fim, mas acabou derrotado pelo companheiro Valtteri Bottas, que cortou a diferença para 67 pontos com apenas 52 em jogo. Título garantido, mais um.
 
Hamilton chegou aos 381 pontos com nada menos que dez vitórias no ano, uma baita marca. Bottas, por sua vez, também fechou o vice na prova texana, atingindo os 314 tentos, 65 a mais que Charles Leclerc.

REVISTA DARTE LONDRINA DESTACA O UNIVERSO DA CULTURA






PAGODE DO PROGRAMA O SAMBA ATRAVESSA LONDRINA


domingo, 27 de outubro de 2019

MORRE A PIONEIRA DO RÁDIO DIRCE FARIA



Morreu na manhã desta terça-feira (22) a empresária e radialista Dirce de Souza Faria, aos 75 anos. Pioneira no rádio em Londrina, Dirce Faria também era sócia-fundadora da Rádio Paiquerê 91.7 e esposa do empresário e radialista JB Faria.
Por conta do falecimento, o prefeito Marcelo Belinati decretou luto oficial por três dias.
Dirce nasceu em 1 de abril de 1944, em Garça (SP), foi exemplo de esposa, mãe amorosa e dedicada a família. Além de JB, deixa os filhos Carlos Alberto, André Gustavo e Adriana, noras, genro e quatro netos.
Pioneira no rádio londrinense, ela sempre participou das atividades da emissora ao lado do marido. A morte da empresária deixou em luto comunicadores e profissionais da Paiquerê. Em 62 anos de história, a emissora se tornou uma das mais respeitadas do Paraná, com programação diversificada, qualidade e estrutura.
O Instituto Cultural Arte Brasil também presta condolências à família e aos amigos neste momento de dor.

sábado, 26 de outubro de 2019

GP DO MÉXICO TEM LECLERC NA POLE E VERSTAPPEN PUNIDO


Na pista, não deu Mercedes nem Ferrari. Max Verstappen foi o mais rápido e levaria a RBR à terceira pole position consecutiva na pista do México, neste sábado. Na última etapa da classificação, o holandês desbancou os favoritos Charles Leclerc e Sebastian Vettel, que ficaram em segundo e terceiro lugares. Mas quatro horas após o classificatório saiu a punição que jogou o piloto da RBR três posições para baixo na tabela.
Isso porque na última curva, Valtteri Bottas bateu forte e causou uma bandeira amarela. Verstappen já tinha o melhor tempo, mas não desacelerou, foi chamado na sala dos comissários para explicar o incidente e acabou punido. Com isso, Leclerc herdou a pole, seguido de Vettel e Hamilton. Verstappen larga ao lado do pentacampeão, e atrás deles Alex Albon e Bottas.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

CANTOR E COMPOSITOR WALTER FRANCO MORRE EM SP


O cantor e compositor Walter Franco morreu na madrugada desta quinta-feira (24), aos 74 anos, em São Paulo. 

A informação foi divulgada na página do artista nas redes sociais e pelo filho, Diogo. "Agradeço a todas as orações e boas vibrações nesses últimos dias, mas sinto dar a notícia de que nosso Walter Franco partiu tranquilamente", escreveu. 

O corpo de Franco foi cremado no início da noite de ontem.

Walter Franco é um dos nomes importantes da música de vanguarda no Brasil. São de sua autoria canções como "Coração Tranquilo", "Cabeça", "Me Deixe Mudo", "Canalha" e "Respire Fundo". Já foi regravado por artistas como Chico Buarque, Titãs, Leila Pinheiro, Ira! e Camisa de Vênus.
Franco nasceu em São Paulo e estudou na Escola de Arte Dramática, onde se formou. Sua carreira começou com a composição de trilhas para peças teatrais, como "O Contador de Fazendas", dirigido por Dulcina de Moraes e "Os Olhos Vazados", dirigido por Emílio de Biasi.
Ficou conhecido no período dos festivais com a primeira canção, "Não se Queima um sonho", apresentada por Geraldo Vandré. Segundo a biografia de Franco, o momento que marcou a primeira fase de sua carreira foi a apresentação da música "Cabeça", de sua autoria, no Festival Internacional da Canção de 1972, de Rede Globo. "Uma música totalmente fora dos padrões da época, baseada em vozes superpostas e repetições de fragmentos da letra, quase incompreensível", diz a biografia.
Em 1974, inaugurou outro procedimento que seria uma marca de seu trabalho. No show "A Sagrada Desordem do Espírito", apresentava-se só no palco, na posição da Flor de Lótus, com seu violão. Em 1975, participou do Festival Abertura, com a música "Muito Tudo", em homenagem a João Gilberto e John Lennon.
Em 1976 lançou o disco "Revolver", considerado uma obra prima, por ter uma musicalidade próxima ao rock.  Em 1978 lança "Respire Fundo", disco que teve a participação de mais de 200 músicos, como Sivuca, Wagner Tiso, Elba Ramalho, Zé Ramalho, Lulu Santos, Geraldo Azevedo, entre outros.
No Festival da Tupy, em 1979, apresentou a música "Canalha" e conquistou o segundo lugar. A canção aparece no disco "Vela Aberta", lançado em seguida. Em 1981 participou do festival MPB-Shell, com a canção Serra do Luar, com arranjos de Rogério Duprat. Essa versão foi registrada apenas no disco do festival e a música fez grande sucesso posteriormente em uma gravação de Leila Pinheiro.
Em 1982 lançou o disco "Walter Franco", e em 2000 Tutano, no qual  apresenta um repertório inédito em músicas como "Zen" e "Gema do Novo", "Nasça" (com Arnaldo Antunes), além da releitura de "Cabeça" e outras canções. 
No mesmo ano recebeu uma homenagem com o documentário "Muito Tudo", dos jovens cineastas Bel Bechara e Sandro Serpa, destaque da mostra de audiovisual do Museu da Imagem e do Som e vencedor do Festival É Tudo Verdade. Em 2015, Franco comemorou 70 anos de vida e sua volta aos palcos, relançando o álbum "Revolver", após 40 anos.


domingo, 20 de outubro de 2019

LEI ROUANET: BATUQUE NA CAIXA ESTÁ NO PROGRAMA DE CAPTAÇÃO DA UNIMED LONDRINA



ATOR ORLANDO DRUMMOND COMEMORA 100 ANOS


Eternizado pelo papel do ‘Seu Peru’ na primeira versão da Escolinha do Professor RaimundoOrlando Drummond comemora o centenário nesta sexta-feira, 18. “Que alegria chegar aos 100 anos curtindo o aniversário da minha bisneta Mariah ao lado da amada Glória (esposa)”, escreveu ele nas redes sociais

Ao todo, Drummond integrou o elenco da escolinha comandada por Chico Anysio por seis anos seguidos. Em homenagem ao seu centenário, o ator foi convidado para uma participação especial na versão atual do humorístico da Globo, no episódio que vai ao ar no próximo domingo, 20. Nessa versão, quem dá vida ao Seu Peru é o ator Marcos Caruso.

Além da carreira de ator na televisão, Drummond também é dublador e deu voz a personagens icônicos, que fizeram e fazem parte da infância de muita gente:

Seu Peru

Seu Peru
 Seu Peru
Seu Peru (TV Globo/Reprodução)
Sua voz já era conhecida desde os anos 50, quando começou a dublar personagens estrangeiros, mas foi na década de 90 que o rosto do ator se tornou familiar ao público brasileiro com o famoso Seu Peru, da Escolinha do Professor Raimundo. O personagem ficou conhecido pelas roupas extravagantes e seus diversos bordões, como “use-me e abuse-me”, “te dou o maior apoio” e “Peru é cultura, cheio de ternura”. Apesar dos trejeitos estereotipados e caricatos do que se costumava associar, no humor, a um homem gay, o ator contou, em entrevista a VEJA, que “todo mundo gostou bastante porque eu fazia uma bicha muito gente boa, não era debochado, maldoso”. 

Scooby Doo

Scooby Doo
 Scooby Doo
Scooby Doo (Cartoon Network/Reprodução)
Durante 35 anos, Drummond emprestou sua voz à versão brasileira de Scooby Doo, o dogue alemão falante que viaja o mundo ao lado de quatro humanos ajudando-os a solucionar mistérios. Este é o personagem preferido dele e surgiu depois de Orlando simular latidos para escapar de um assalto dentro de sua casa. O desenho foi o responsável por colocá-lo no Guinness Book com o recorde de maior longevidade na dublagem de um personagem por um mesmo ator. 

Vingador

Vingador Vingador
Vingador (Reprodução/Youtube)
Outro personagem marcante na carreira do ator foi o Vingador, famoso vilão do clássico desenho dos anos 80 Caverna do Dragão. Recentemente, Drummond voltou a dublar o feiticeiro em um comercial de uma marca de carro lançado em maio na televisão. “E ontem estreou um trabalho muito aguardado”, escreveu o artista em sua conta no Instagram à época. “Poder dar voz novamente ao Vingador me emocionou bastante!”

Zorra Total

Índio Taco Índio Taco
Índio Taco (Reprodução/Youtube)
Orlando Drummond participou do programa humorístico por 13 anos. Ele entrou em 1999 e fez a sua última participação em 2013. Ao longo do tempo ajudou a criar quatro personagens, além do Seu Peru, ele fez o Índio TacoTakancuca, e o trevoso Vamperu – este ao lado de Chico Anysio. O primeiro personagem, por exemplo, ao lado do humorista Paulo Silvino (índio Pataco), fazia parte da primeira dupla indígena do humor na televisão brasileira. 

Alf, o ETeimoso

Alf Alf
Alf (Reprodução/Youtube)
Com 103 episódios, a série de sucesso dos anos 80 ficou no ar por quatro anos. No Brasil, o alienígena que cai por engano na terra e é resgatado por uma família da Califórnia tem a voz de Orlando Drummond. O seriado já chegou a passar na Globo, Bandeirantes e SBT. 

Popeye

Popeye Popeye
Popeye (Reprodução/Youtube)

Talvez Orlando tenha aprendido a comer espinafre, como o famoso personagem que dublou no Brasil, para chegar aos 100 anos com toda a força e vitalidade. De personagem a quadrinhos, o marinheiro Popeye, no país, foi de desenho animado à mascote de time de futebol. E de se pensar que o namorado da Olívia Palito, nos primeiros episódios da história era na verdade um grande fanfarrão e mau caráter. Que batia em todos os outros marinheiros sem motivo e entornava todos os copos de cerveja que visse pela frente.  

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

VII FESTIVAL DE MUSICA CONTEMPORANEA BRASILEIRA RECEBE TRABALHOS




Estamos com as inscrições abertas para apresentações artísticas e comunicações orais para a 7ª edição do Festival de Música Contemporânea Brasileira (FMCB). Este ano, estaremos homenageando João Donato & Liduino Pitombeira e o evento ocorre entre os dias 24 e 28 de março de 2020.

Gostaria de convidar a todos a participarem e também peço gentilmente, que divulguem entre seus contatos. 

O Festival recebe submissões de propostas nas seguintes categorias: Comunicação Oral e Apresentação Artística, esta última, dividida em Recital; Recital-Palestra.

As inscrições vão até as 23:59 do dia 15/11/2019.

Os programas e artigos que respeitem as diretrizes de publicação e os prazos de envio poderão ser publicados na forma de Anais eletrônicos e/ou Revistas parceiras.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em: https://fmcb.com.br/inscricoes/
O edital e as diretrizes de publicação também estão disponíveis no site do evento.

Será um honra contar com a participação de vocês!

Grande abraço

ICAB DEFINIU DOIS NOMES PARA DISPUTAR VAGA NO CONSELHO DE CULTURA DO PARANÁ

Reunidos na sede da organização (Avenida da igualdade 102, Londrina PR) na noite de ontem, os associados do Instituto Cultural Arte Brasil definiram por unaminidade os nomes de Deivid Lima (livro e leitura) e Clodovil Morais (manifestações populares, tradicionais e étnicas da cultura) para concorrem à vaga no Conselho Estadual de Cultura do Paraná.

Eleitores podem se cadastrar pelo link:

http://www.sic.cultura.pr.gov.br/pages/conselho/inscricoes/eleicao2.php?eleicao=19

Data de cadastro: das 08h de 09/09/2019 às 17h50 de 21/10/2019

Ter escaner de RG, CPF e comprovante de endereço para anexar na plataforma

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

MAURICIO SHERMAN MORRE AOS 88 ANOS



Maurício Sherman, diretor da TV Globo, morreu nesta quinta-feira (17). Aos 88 anos, Sherman foi um dos criadores do “Fantástico”.
Nascido em Niterói, no Rio de Janeiro, Sherman se formou em direito na Universidade Federal Fluminense e foi diretor-executivo da Central Globo de Produção, assim como diretor de diversos programas da emissora como "Os Trapalhões” e "Faça Humor, Não Faça Guerra"

domingo, 13 de outubro de 2019

OSMAR TERRA COMANDA REUNIÃO DE MINISTROS DA CULTURA DOS BRICS


O Brasil foi protagonista na abertura da reunião de ministros da Cultura do BRICS, que ainda reúne os países África do Sul, China, Índia e Rússia. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, abriu o evento ocorrido na manhã desta sexta-feira (11), no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. Na ocasião, Osmar Terra, responsável pela gestão de políticas públicas nas áreas da cultura, do desenvolvimento social e do esporte no Brasil, reforçou a importância da sinergia entre diversas áreas e da parceria com os países-membros do bloco político-econômico.

O secretário de Comunicação Social e Cultura do Paraná, Hudson José, falou sobre oportunidades de parceria que o encontro possibilitou. “Existe uma palavra que define esse encontro aqui: integração. Esta é uma possibilidade de parceria para que a gente possa desenvolver a cultura e o turismo” destacou.

Representando os países do BRICS, estavam presentes à reunião o ministro de Cultura da Índia, Prahlad Singh Patel; o vice-ministro de Cultura da República Popular da China, Zhang Xu; a vice-ministra de Cultura da África do Sul, Nocawe Manfu; e o diretor do Departamento de Museus e Relações Exteriores do Ministério de Cultura da Rússia, Vladislav Kononov. O secretário especial da Cultura, Ricardo Braga, o secretário do Audiovisual, Ricardo Rihan, e o secretário da Economia Criativa, Cezar Schirmer, também representaram o Ministério da Cidadania durante o encontro.

PALESTRA SOBRE DISNEY E LIVROS DE NILVA DEMATÉ ZOLANDEK MARCAM REUNIÃO DA ACADEMIA DE LETRAS DE LONDRINA


Com abertura da Presidente Pillar Gonzaga Vieira e palestra de Sérgio Gomes, a Academia de Letras, Ciências e Artes de Londrina deu as boas vindas aos convidados Glauco (que falou sobre vida e obra de Walt Disney, inclusive com curiosidades e fotos originais de sua infância e juventude) e Nilva Dematé Zolandek (escritora paranaense, que lançou na Academia os livros Àguas que passam e Vidas Partidas, com trechos interpretados pela professora e atriz Lia Karnaski).

VALTERI BOTTAS VENCE GP DO JAPÃO


Com vitória do finlandês Valtteri Bottas e o britânico Lewis Hamilton chegando em terceiro no GP do Japão de Fórmula 1, a Mercedes conquistou pela sexta vez consecutiva o título mundial de Construtores. Entre os dois pilotos da equipe alemã ficou Sebastian Vettel, da Ferrari, que largou na pole mas logo na saída perdeu a posição.

O outro piloto da Ferrari, o monegasco Charles Leclerc, ficou em sexto depois de um início difícil, no qual teve avarias na asa dianteira em um toque com o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

Os pontos de Bottas (25) e os de Hamilton (15) permitem à Mercedes chegar a 611 pontos, frente aos 435 da Ferrari. A margem é suficiente para que a equipe alemã seja declarada campeã com quatro corridas de antecipação. A Mercedes domina a Fórmula 1 desde 2015, e chegou ao hexa como a Ferrari entre 1999 e 2004.

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

OLGA TOKARCKUK E PETER HANDKE GANHAM NOBEL DE LITERATURA

A romancista polonesa Olga Tokarczuk, de 57 anos, e o escritor austríaco Peter Handke, de 76, são os ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura 2019, anunciou nesta quinta-feira (9) a Academia Sueca.
O prêmio entregue a Olga foi referente ao ano de 2018, quando a academia cancelou a premiação após um escândalo sexual. No início de 2019, a instituição anunciou a decisão de conceder dois prêmios neste ano, tentar recuperar seu prestígio.
O prêmio para cada um dos ganhadores é de 9 milhões de coroas suecas (o equivalente a cerca de R$ 3,7 milhões).
Segundo a academia, Olga – que é conhecida também por ser politicamente engajada à esquerda – foi escolhida por ter "uma imaginação narrativa que, com paixão enciclopédica, representa o cruzamento de fronteiras como uma forma de vida". Premiada, best-seller em seu país e traduzida para mais de 25 idiomas, ela tem uma única obra publicada no Brasil: "Os vagantes" (Tinta Negra), lançado aqui em 2014.

Olga Tokarczuk

Olga Tokarczuk nasceu em 1962, em Sulechów, na Polônia, e hoje vive em Breslau, também na Polônia. Formada em psicologia na Universidade de Varsóvia, estudou os trabalhos do psiquiatra suíço Carl Jung (1875-1961) e chegou a trabalhar como psicoterapeuta por um tempo.
Antes de escrever prosa, publicou uma coletânea de poemas. Sua estreia na ficção foi em 1993, com "Podróz ludzi Księgi" ("A jornada do povo do livro", em tradução livre).

PETER HANDKE

Peter Handke nasceu em 1942, na vila de Griffen, na região de Kärnten, no sul da Áustria, mesmo local que sua mãe, que pertencia à minoria eslovena do lugar. Hoje ele vive em Chaville, um subúrbio de Paris. É conhecido como um dos poucos intelectuais ocidentais pró-sérvios.

O romance de estreia dele, Die Hornissen, ("As vespas", em tradução livre), foi publicado em 1966. A obra, junto com a peça '"Ofendendo o público", de 1969, são citadas como responsáveis por deixar a marca do escritor no cenário literário. Os trabalhos são reconhecidos pelas experimentações radicais.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

REVISTA MEMÓRIA DA MULHER NEGRA LONDRINENSE É DESTAQUE NA FEIRA LITERÁRIA DO SESC APUCARANA


VALDIR RODRIGUES CELEBRA POESIA NA FEIRA LITERÁRIA DO SESC APUCARANA




O autor radicado em Cambé é um poeta e dramaturgo com experiencias no Brasil e Europa. É psicoterapeuta e desenvolveu uma metodologia própria e inédita para trabalhar com crianças e adolescente do batuque na caixa, onde atua há mais de 15 anos