terça-feira, 30 de abril de 2013

HOLANDA TEM NOVO REI

A rainha Beatrix da Holanda abdicou ao trono nesta terça-feira em favor do seu primogênito, Willem-Alexander, que se tornou o novo Rei dos Países Baixos. A cerimônia aconteceu no Salão de Moisés, no Palácio Real de Amsterdã.

Willem-Alexander e sua mulher Maxima, que será rainha Consorte, estavam acompanhados de suas três filhas. A mais velha, Catalina-Amalia, de 9 anos, é agora a princesa de Orange, herdeira do trono holandês.

Milhares de holandeses se concentraram na praça em frente ao Palácio Real para se despedirem da rainha Beatrix.

A cerimônia oficial de coroação de Willem-Alexander ocorreu na medieval Nieuwe Kerk (Igreja Nova). Foi nesta mesma Igreja que ele se casou com Máxima Zorreguieta há pouco mais de 11 anos.
Vestido de fraque e coberto com um manto real, o príncipe, de 46 anos, jurou “perante os povos do Reino observar e respeitar sempre o Estatuto do Reino e a Constituição”.

 A cerimônia foi acompanhada por 20 delegações das casas reais de todo o mundo

DIA INTERNACIONAL DO JAZZ

Hoje, dia 30 de abril, comemora-se o Dia Internacional do Jazz. A data foi assim declarada pela Unesco, na assembléia geral de 2011, com o objetivo de disseminar ainda mais as virtudes do jazz como "um veículo para a paz e o diálogo" e para "estreitar a cooperação entre os povos". Além disso – conforme release da organização mundial – o ano corrente marca o início da "Década Internacional dos Povos de Descendência Africana", consagrada ao tema "Reconhecimento, justiça e desenvolvimento para as pessoas de herança africana".

O epicentro da celebração será em Istambul, na Turquia, num grande concerto, no qual a música de jazz será realçada como "uma linguagem global da alma humana", segundo afirmou o ministro das Relações Exteriores daquele país, Ahmet Davutoglu.

Dentre os músicos americanos que se apresentarão no minifestival destacam-se os saxofonistas Wayne Shorter e Jimmy Heath; os pianistas Herbie Hancock, Robert Glasper e John Beasley; os baixistas Marcus Miller e James Genus; a baterista Terry Lyne Carrington. Eles estarão no palco, exprimindo-se na linguagem cada vez mais universal do jazz, ao lado de jazzmen oriundos de outros países, como o pianista Abdullah Ibrahim e o trompetista Hugh Masekela (África do Sul); a clarinetista-saxofonista Anat Cohen (Israel); o band leader e pianista Eddie Palmieri (Porto Rico); o guitarrista John McLaughlin (Inglaterra); o saxofonista Igor Butman (Rússia); o violinista Jean-Luc Ponty (França); o saxofonista Liu Yuan (China).

segunda-feira, 29 de abril de 2013

PAULO VANZOLINI EM ARTIGO DE ALDO MORAES

A exemplo de Aldir Blanc e de muitos mestres do passado, o compositor Paulo Vanzolini foi cronista apaixonado da cidade em que viveu e do povo do qual sempre foi próximo.

Os inúmeros casos de traição, de fuga emocional, de desalento, euforia e reviravoltas que fazem parte de sua obra, marcada pela diversidade do samba e seus sub genêros, são parte também do cotidiano dos bares, dos lares e das ruas brasileiras com seus amores e paixões.

Vanzolini disse em uma entrevista que cansou de estar sentado numa mesa de bar e ver uma mulher entrar e procurar por alguém que ela sabia estar ausente.

Mas o compositor, falecido domingo, fica para a história da música popular como um autor que superou a alcunha de cronista.

E que contribuiu, de forma peculiar, com a história do samba e da música popular brasileira.


Aldo Moraes

composermoraes@hotmail.com

CANTOR NETINHO INTERNADO NA BAHIA

O cantor Netinho, 46, está internado na UTI do Hospital Aliança, em Salvador, devido a descoberta de vários tumores no seu fígado.

Netinho foi internado pela primeira vez há dez dias devido a fortes dores na coxa direita. Na ocasião foi diagnosticada uma lesão aguda no músculo ilíaco direito. O cantor foi liberado, mas precisou retornar ao hospital no dia seguinte por causa de fortes dores abdominais.

Toda a agenda de shows do cantor no mês de maio foi cancelada.

 
 
Discografia
Banda Beijo
  • Prove Beijo (1988)
  • Sem Repressão (1989)
  • Eu Quero Beijo (1990)
  • Badameiro (1991)
  • Axé Music (1992)
Solo
  • Um Beijo Pra Você (1993)
  • Nada Vai Nos Separar (1994)
  • Netinho (1995)
  • Netinho Ao Vivo (1996)
  • Me Leva (1997)
  • Rádio Brasil (1998)
  • Clareou (1999)
  • Corpo Cabeça (2000)
  • Terra Carnavális (ao vivo) (2001)
  • Outra Versão (2005)
  • Por Inteiro (CD/ DVD) (2006)
  • Minha Praia (2008)
  • "Netinho e A Caixa Mágica" (CD/ DVD) (2010)
  • Uma Noite no Forró Elétrico (2012)
 

CARLOS KUBO EXPÕE EM LONDRINA

Carlos Kubo – Exposição individual. Até o dia 31 de maio no Espaço Cultural Ceddo (R. Pernambuco, 725).

De segunda a sexta, das 8h às 18h. Sábados, das 8h às 13h.

Grátis. Informações: 3321-4114.

MORRE PAULO VANZOLINI: CRONISTA DAS PEQUENAS TRAGÉDIAS E SÍMBOLO DO SAMBA PAULISTA

O corpo do compositor e zoólogo Paulo Vanzolini é velado na manhã desta segunda-feira (29) no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, na zona sul de São Paulo, em uma cerimônia restrita para familiares e amigos. Vanzolini morreu no final da noite deste domingo (28).


Muitos colegas do Museu de Zoologia da USP compareceram ao velório de Vanzolini para prestar condolências ao amigo.

Os amigos do museu lembram, com carinho, que Vanzolini doou sua biblioteca à USP em 2006, um importante acervo herpetológico que constituiu ao longo de sua carreira. O acervo foi incorporado pela instituição e hoje é essencial para o desenvolvimento de pesquisa.

Ele estava internado desde quinta-feira (25) na Unidade de Terapia Intensiva do hospital com pneumonia grave. A causa da morte ainda não foi informada pela família.

O enterro de Vanzolini está marcado para ocorrer às 16h no Cemitério da Consolação. A família confirmou que o sepultamento também será fechado ao público.

BATUQUE NA CAIXA AGORA TAMBÉM NO PALCO MP3

http://palcomp3.com/batuquenacaixa



I SIMPÓSIO DE ESTÉTICA E FILOSOFIA DA MÚSICA/SEFIM E UFRGS

O Grupo de Pesquisa MUSEF – Música, Educação e Filosofia da UFRGS ao organizar o I Simpósio de Estética e Filosofia da Música – SEFiM/UFRGS convida pesquisadores, professores, profissionais em geral e estudantes da graduação e pós-graduação da área da Música, Educação e Filosofia para submeterem propostas de trabalhos para o evento, conforme as especificações desta Chamada.
      As propostas de trabalho deverão se encaixar em um dos três eixos temáticos abaixo:
  • Estética e Filosofia da Música.
  • Estéticas, arranjos e composições.
  • Experiências estéticas e Educação Musical.
      Os trabalhos poderão ser submetidos em três modalidades:
  • Trabalho Completo.
  • Resumos normais e Expandidos.
  • Arranjos e Composições.
      Envio dos trabalhos:
  • Os trabalhos deverão ser formatados de acordo com as exigências e enviados em formato DOC no ato da matrícula, como anexo em lugar específico disponível no formulário online para matrículas até o dia 20 de julho de 2013.
      Normas para formatação:
      Datas e prazos importantes:
  • 22/04 – 20/07 - Submissão de trabalhos.
  • 20/07 – 20/08 - Avaliação pelos pareceristas.
  • 30/08 - Divulgação dos resultados.
  • 17 e 18/10 - I Simpósio de Estética e Filosofia da Música – SEFiM/UFRGS.
      Local do Evento: Auditorium Tasso Corrêa do Instituto de Artes da UFRGS. Rua Sr. dos Passos, 248, térreo, Centro Histórico, Porto Alegre.
-- 
Simpósio De Estética E Filosofia Da Música Da Ufrgs - Sefim
sefim@ufrgs.br

PIXINGUINHA NAS CORDAS DO CONJUNTO RETRATOS

Para os amantes da boa música, no próximo domingo 05/05 às 11h00, o Centro Cultural do Jabaquara apresenta às 11h00 mais uma edição do projeto Choro na Manhã, um projeto que combina música com um café da manhã que é oferecido ao público e que nesta edição de número 78 tem como homenageado principal será Alfredo da Rocha Vianna, popularmente conhecido como Pixinguinha.


De acordo com os biógrafos Marília Trindade e Arthur de Oliveira, Pixinguinha nasceu no dia 23 de Abril de 1897 e é autor de clássicos como Carinhoso, Um Zero, Lamentos e Vou Vivendo e é o principal responsável pela fixação do choro como gênero.

O músico morreu em 1973 de corrente de problemas cardíacos, quando seria padrinho de um batizado, em pleno domingo de carnaval (17 de fevereiro), no mesmo momento em que a famosa Banda de Ipanema começava a desfilar.

O projeto Choro na Manhã é realizado a mais de 6 anos pelo Conjunto Retratos, formado pelos músicos Paulo Gilberto (Flauta), César Ricardo (Violão 7 cordas), Alex Mendes (Bandolim), Fernando Henrique (Cavaquinho) e Donisete Fernandes (Pandeiro). Nesta edição o grupo celebrará o a aniversário de Pixinguinha e o dia Nacional do Choro, comemorado no mês de Abril (23).


Antes da apresentação, será oferecido um café da manhã gratuitamente ao público presente.

Domingo | 05 de Maio de 2013 | 11h00 | Entrada Gratuita
Auditório do Centro Cultural Jabaquara
Rua Arsênio Tavolieri n.º 45 – Jabaquara - São Paulo/SP
(Próximo a Estação Jabaquara do Metrô)
Informações: (11) 5011-2421 ou www.facebook.com/ChorinhoBrasil
Quantidade de lugares: 250

MAIS NOMES DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE PERCUSSÃO PATAGONIA

Seguimos compartiendo con todos, los nombres de los músicos que acercarán sus propuestas a esta próxima edición del Festival Internacional de Percusión Patagonia. Hoy, presentamos a los marimbistas que formarán parte de la grilla de conciertos y clases maestras:

1) SHE-E WU (Taiwan): Actualmente Directora del programa de Percusión de la Northwestern  University´s Bienen School of Music, esta artista se ha presentado también en tres oportunidades en el PASIC, en las Journées de la Percussion, el perKumania Festival y PercuPassion festival en Francia, el International Percussion Festival and InterAmerican Music and Arts Festival Orchestra in Puerto Rico; Festival Internacional de Percusión "Ritmo Vital 2001" y National Percussion Convention en España, el Fukui Marimba Seminar en Japón, Giornate della Percussione en Italia, Taipei International Percussion Convention, entre muchos otros. Además, ha compuesto obras para marimba, y comisionado y estrenado varias obras y conciertos para el instrumento. Más información en http://www.music.northwestern.edu/faculty/profiles/she-e-wu.html

2) BOSA DÚO (Colombia): Este ensamble tiene como base la interpretación de la marimba y alrededor de ella se crean múltiples sonoridades combinándola con otros instrumentos de percusión y de teclado, cuya finalidad no es la de meramente acompañar.  El repertorio que maneja el grupo permite al público encontrar variedad, familiaridad y originalidad así como un conocimiento un poco más amplio de la marimba. Desde su inicio en 2008, Bosa Dúo ha realizado recitales en el Auditorio Olav Roots y en la Capilla de la Universidad Nacional, en Casa Arará, en la Sala Otto de Greiff, en el Teatro Antonio María Valencia durante el 47º Festival de música religiosa de Popayán, en los Miércoles Musicales del Auditorio Fabio Lozano y además participaron como grupo invitado en el programa de televisión "Colombia nos toca" del Canal Señal Colombia, el cual se dedica a la difusión de la música culta en el público infantil.
El dúo está conformado por Diana Melo y Juan David Forero, percusionistas de la Orquesta Sinfónica Nacional de Colombia y de la Orquesta Filarmónica de Bogotá, que llevan casi una década de participar juntos en varios ensambles y orquestas de la ciudad, y como solistas han sido ganadores de varios concursos.  A su cargo está también la organización y dirección del Taller Nacional de Marimba que este año alcanza su sexta edición. Para ir escuchando algo del trabajo del dúo, pueden entrar a http://www.youtube.com/watch?v=oUhi2SdqkhQ
3) ÁNGEL FRETTE (Argentina): El director artístico de nuestro Festival, vuelve a estar presente con su propuesta musical en este encuentro. Comenzó sus estudios de percusión con Juan Ringer. Desde 1988 es percusionista de la Orquesta Filarmónica de Buenos Aires, Teatro Colón. Realizó el estreno mundial de siete conciertos para Marimba y Orquesta, todos ellos de compositores argentinos. Perfeccionó sus estudios en Nueva York con el marimbista William Moersch. Se presentó como solista de marimba en Brasil, Uruguay, Chile, Puerto Rico, México y, en Estados Unidos, en las Universidades de Miami, Illinois y Minnesota. Participó del PAS. Se presentó en dúo con William Moersch en las ciudades de Sevilla, Almería, Alicante, Valencia y Madrid (España). Actuó en Espiño y Braga (Portugal) y en Valencia con el Grupo de Percusión Amores y en Riba Roja, Zaragoza y Barcelona (España), y en Filadelfia (EE.UU.). Fue jurado del “Concurso Internacional de Marimba” realizado en Bélgica y convocado como Profesor de Percusión de la Orquesta Juvenil de las Américas (Conservatorio de New England). Lleva editados tres discos: “La Marimba en la Argentina”, “Un Camino de Tierra” y “Tangos y Más” y un CD con el Ensamble de Percusión Patagonia (“Música argentina para percusión”). Fue jurado del Primer Concurso de Marimbistas Latinoamericanos (Campinas) y se presentó en el Festival de Percusión de París. Fue jurado del Segundo Concurso de Marimba en Bélgica. Se presentó en Tatui (Brasil) tocando con el Ensamble de Vientos de la Universidad de Tatui y en el 5to Festival Internacional de Marimba realizado en Chiapas, México. Tocó en Croacia, en Río de Janeiro y en el 6to Festival Internacional de Marimbas (Chiapas, México) y fue jurado del sexto Concurso Nacional de Marimbistas. Recibió una distinción de la Fundación Konex. Estrenó más de 70 obras de compositores argentinos. Dicta clases en el IUPA (Instituto Universitario Patagónico de las Artes), en General Roca. http://www.youtube.com/watch?v=tGyuC1PT9qo

Como adelantamos en el mail anterior, dentro de poco comentaremos cómo hacer para inscribirse y poder participar de este 11º Festival Internacional de Percusión Patagonia, que comenzará el próximo 25 de junio en la ciudad de General Roca, Río Negro.

Recuerden además que sigue abierta la convocatoria al concurso de Ensambles de Percusión. Esperamos sus propuestas, para poder presentar su música, y tener la posibilidad de ofrecer un concierto completo, con los gastos de alojamiento cubiertos para el ensamble ganador, en la próxima edición del Festival Internacional de Percusión Patagonia, en 2014.

--
11º FESTIVAL INTERNACIONAL DE PERCUSIÓN PATAGONIA
del 25 al 29 de junio de 2013 (25-06 to 29-06)
General Roca - Río Negro
Patagonia Argentina


ENCONTROS ONE RPM


I FESTIVAL DE MUSICALIZAÇÃO ORFF


PRÊMIO PARANÁ DE LITERATURA 2013


           A Biblioteca Pública do Paraná lança nesta segunda-feira (29) o Prêmio Paraná de Literatura 2013. Como na primeira edição, realizada no ano passado, o concurso da Secretaria da Cultura do Paraná vai selecionar livros inéditos em três categorias que homenageiam escritores importantes da literatura paranaense: Romance (prêmio Manoel Carlos Karam), Contos (prêmio Newton Sampaio) e Poesia (prêmio Helena Kolody). Em 2012, quase 900 obras foram inscritas por autores de todo o Brasil.
O vencedor de cada categoria receberá R$ 40 mil e terá sua obra publicada pela BPP, com tiragem de mil exemplares. Os premiados também receberão 100 cópias de seus livros e poderão, mais tarde, reeditar seus trabalhos por outras editoras. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 30 de julho (o edital com as regras e instruções está disponível nos sites bpp.pr.gov.br e seec.pr.gov.br). O resultado será divulgado na primeira quinzena de dezembro.

Em 2012, os vencedores foram Alexandre Vidal Porto (com o romance Sergio Y vai à América), José Roberto Torero (Papis et circensis, contos) e Lila Maia (As Maçãs de antes, poesia). Os três livros foram lançados e distribuídos pelo selo Biblioteca Paraná, que também edita autores paranaenses e resgata títulos relevantes que estejam esgotados ou fora de catálogo. Vidal Porto e Torero já confirmaram a reedição de suas obras pelas editoras Companhia da Letras e Alfaguara, respectivamente, enquanto Lila Maia promete para breve uma segunda impressão de seu trabalho.

A publicação dos livros ganhadores também por grandes editoras mostra a força do Prêmio Paraná de Literatura e a seriedade com que os jurados trabalharam na escolha dos vencedores”, afirma Rogério Pereira, diretor da BPP e presidente do júri — que em 2012 contou com nomes como José Castello, Luiz Ruffato, Marçal Aquino e Heloisa Buarque de Hollanda, entre outros. “A comissão julgadora é um dos pilares do Prêmio. Teremos um cuidado muito especial na escolha dos nove integrantes do novo júri”, completa Pereira.

Para o diretor da BPP, a preocupação central da organização do Prêmio Paraná é fortalecê-lo como um dos principais concursos literários do País. Para isso, foram mantidas a premiação em dinheiro apenas para os três primeiros colocados de cada categoria e a exigência de total ineditismo dos livros inscritos. “Os ganhadores com certeza serão reconhecidos como autores de qualidade, pois a disputa será sempre acirrada, levando em consideração o valor expressivo a ser pago. Além disso, um prêmio como este precisa surpreender o meio literário, despertar a curiosidade sobre a obra ganhadora. Daí a opção por trabalhos 100% inéditos”, explica.

Quem ganha é o texto”

Vencedor na categoria Romance em 2012, Alexandre Vidal Porto diz que a premiação significou um impulso em sua carreira como escritor e o apresentou a outros públicos. “Como Sergio Y vai à América foi distribuído em bibliotecas e escolas, tenho recebido várias mensagens de leitores desse universo comentando algum aspecto da história.”

Praticamente desconhecida antes do concurso, Lila Maia conta que As maçãs de antes já recebeu críticas positivas de autores importantes como Affonso Romano de Sant’Anna, Marcelino Freire e Suzana Vargas. “O Prêmio Paraná tem essa característica muito importante de abrir portas para escritores que estão fora do circuito literário”, afirma.

José Roberto Torero, vencedor do Jabuti em 1995 por O Chalaça, destaca o fato de que a comissão julgadora do Prêmio Paraná avalia as obras inscritas sem saber quem são os participantes. “É muito melhor assim. Em outros prêmios, o nome do autor, da editora, os amigos e inimigos do autor e a cobertura da imprensa podem acabar influindo, para o bem ou para o mal. Aqui, não. Aqui quem ganha é o texto. E só ele é que importa.”

SERVIÇO:

Prêmio Paraná de Literatura 2013.
Inscrições abertas até o dia 30 de julho.
Edital e informações: bpp.pr.gov.br e seec.pr.gov.br

domingo, 28 de abril de 2013

CONCURSO LITERÁRIO POESIAS NO ÔNIBUS

 
 

INSCREVA SUA HHISTÓRIA NO PROJETO "A CARA DO BRASIL"

O Yahoo! tem um novo canal: A Cara do Brasil se propõe a descobrir o país que pouca gente conhece para todo mundo. Assim, queremos ouvir a sua voz e as suas histórias sobre detalhes do país que sejam significativos dele como um todo: pode ser uma festa, uma pessoa, uma procissão, um monumento, um lugar histórico, um hábito de uma determinada região ou uma comida típica. A variedade é imensa. Envie sua história para o e-mail qualacaradobrasil@yahoo.com.br.

O importante é que a sua narrativa explique ao leitor o que é que faz com que a sua escolha tenha a cara do Brasil. Não tenha medo de entrar em detalhes, se isso for necessário! Você pode mandar imagens ou vídeos, se achar que isso ajuda a construir a imagem que você quer passar.

Lembre-se: ao escrever seu texto, você estará apresentando um pedacinho do Brasil para milhões de brasileiros que ainda o desconhecem. Coloque em seu texto toda a paixão que aquilo desperta em você e certamente seu texto vai ficar muito mais colorido e convincente.

OS PROJETOS DO INSTITUTO PAULO COELHO

O Instituto PAULO COELHO é uma instituição sem fins lucrativos, financiada exclusivamente pelos direitos autorais do escritor. A idéia central não é fazer caridade, mas dar oportunidade as camadas menos favorecidas e excluídas da sociedade brasileira. Desta maneira, o Instituto concentra sua verba em:

a) Infância

b) Terceira Idade

Neste momento, o Instituto PAULO COELHO apóia com ajuda financeira certas pessoas menos favorecidas de Terceira Idade, e é co-patrocinador do Solar Meninos de Luz (morro Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, Rio de Janeiro), que educa 400 crianças e jovens. Quando começamos a participar, eram 80 crianças; conseguimos aumentar esse numero, mas não foi uma tarefa fácil.

Se você mora no Brasil, por favor, entre em contacto com Isabella ou Yolanda pelo Tel(fax):(5521) 2522-9524 Elas são as guerreiras, as verdadeiras guerreiras que levam esse projeto.

Se você quiser saber mais sobre esta instituição, acesse
http://www.meninosdeluz.org.br

Ou contate Isabella no seguinte endereço: isabella@meninosdeluz.org.br

Caso você queira fazer uma doação, aqui estão os detalhes:

Doações:

Solar Meninos de Luz

Rua Saint Roman, 149 - Copacabana

22071-060 - Rio de Janeiro – RJ Brasil

Depósito bancário/DOC/TED (para brasileiros) Lar Paulo de Tarso

Banco 341/Itaú - Agência 0269 - Conta-corrente 44924-5

CNPJ 29.274.131/0001-49

Se você esta fora do Brasil:

Lar Paulo de Tarso Bank/Banco: 341/Itaú

Agency: 0269-5/Rio Posto Seis

Adress: Rua Nossa Senhora de Copacabana, 1220 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22060-000

Account nº: 44924-5

CNPJ: 29.274.131/0001-49

Swift Code: ITAUBRSPRJO

Fonte: site de Paulo Coelho e do Instituto Paulo Coelho

OS PROJETOS DO INSTITUTO PAULO COELHO

O Instituto PAULO COELHO é uma instituição sem fins lucrativos, financiada exclusivamente pelos direitos autorais do escritor. A idéia central não é fazer caridade, mas dar oportunidade as camadas menos favorecidas e excluídas da sociedade brasileira. Desta maneira, o Instituto concentra sua verba em:

a) Infância

b) Terceira Idade

Neste momento, o Instituto PAULO COELHO apóia com ajuda financeira certas pessoas menos favorecidas de Terceira Idade, e é co-patrocinador do Solar Meninos de Luz (morro Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, Rio de Janeiro), que educa 400 crianças e jovens. Quando começamos a participar, eram 80 crianças; conseguimos aumentar esse numero, mas não foi uma tarefa fácil.

Se você mora no Brasil, por favor, entre em contacto com Isabella ou Yolanda pelo Tel(fax):(5521) 2522-9524 Elas são as guerreiras, as verdadeiras guerreiras que levam esse projeto.

Se você quiser saber mais sobre esta instituição, acesse
http://www.meninosdeluz.org.br

Ou contate Isabella no seguinte endereço: isabella@meninosdeluz.org.br

Caso você queira fazer uma doação, aqui estão os detalhes:

Doações:

Solar Meninos de Luz

Rua Saint Roman, 149 - Copacabana

22071-060 - Rio de Janeiro – RJ Brasil

Depósito bancário/DOC/TED (para brasileiros) Lar Paulo de Tarso

Banco 341/Itaú - Agência 0269 - Conta-corrente 44924-5

CNPJ 29.274.131/0001-49

Se você esta fora do Brasil:

Lar Paulo de Tarso Bank/Banco: 341/Itaú

Agency: 0269-5/Rio Posto Seis

Adress: Rua Nossa Senhora de Copacabana, 1220 - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22060-000

Account nº: 44924-5

CNPJ: 29.274.131/0001-49

Swift Code: ITAUBRSPRJO

Fonte: site de Paulo Coelho e do Instituto Paulo Coelho

CONCURSO LITERÁRIO CENTENÁRIO DE ÁLVARO LINS

Nascido em Caruaru, a 14 de dezembro de 1912, Álvaro de Barros Lins tem uma trajetória marcada por seus feitos literários e políticos. O Concurso Literário é uma iniciativa conjunta do Instituto Histórico de Caruaru, Faculdade ASCES e FAFICA, no marco da celebração do centenário deste ilustre caruaruense, a fim de premiar textos inéditos acerca de sua vida e obra e promover o reconhecimento de seu legado.


Inscrições

Serão aceitos ensaios inéditos sobre a vida e obra de Álvaro Lins, com extensão mínima de 50 laudas, escritas com fonte Times New Roman, e espaçamento 1,5. Os textos devem ser enviados em formato pdf e conter título próprio.

O/a autor/a do trabalho deve ter mais que 18 anos. Serão aceitos trabalhos em coautoria de até 3 (três) autores/as.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas entre 14/12/2012 e 30/04/2013, por meio do envio do ensaio e da ficha de inscrição preenchida para o e-mail: centenarioalvarolins@gmail.com .

O trabalho deve conter, além da capa com título e identificação de autores/as, folha de rosto em que conste somente o título do trabalho e pseudônimo.

Julgamento

Os trabalhos serão avaliados por Comissão Julgadora indicada pelas instituições promotoras do Concurso Literário. Integram a Comissão:

• Antônio Vieira da Rocha Filho, médico, educador e escritor;
• Edson Tavares de Lima, professor e escritor;
• Pe. Everaldo Fernandes da Silva, mestre, educador e escritor;
• Humberto Pimentel França, historiador e escritor;
• José Veridiano dos Santos, professor, historiador e escritor.


Em caso de impossibilidade de participação de um de seus membros, a Comissão estará apta a realizar a devida substituição.

A Comissão Julgadora atribuirá o prêmio a 3 (três) obras e poderá indicar menções honrosas.

O critério para a seleção das obras premiadas é o mérito literário, sendo a decisão da Comissão Julgadora soberana e não suscetível de apelo.


Premiação

Serão divulgados os trabalhos premiados no dia 14/05/2013, através dos websites da Faculdade ASCES (www.asces.edu.br) e da FAFICA (www.fafica.com).

A premiação será de R$ 1.500,00 para o primeiro lugar, R$1.000,00 para o segundo lugar e R$500,00 para o terceiro lugar.

JORNALISTA E COMPOSITOR PAULO COSTA LIMA COMENTA A IMPORTÂNCIA DE MÃE STELLA DE OXÓSSI

http://terramagazine.terra.com.br/blogdopaulocostalima/blog/2013/04/25/mae-stella-de-oxossi-eleita-para-a-academia-de-letras-da-bahia/

SINTRACOM REALIZA FESTA NO DIA DO TRABALHADOR

O Sintracom – Londrina (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário de Londrina) promove no dia 1º de maio a festa do Dia do Trabalhador. A comemoração, que terá início às 14 horas, será realizada neste ano em Cambé no Estádio Municipal José Garbelini.

VII CONCURSO DE OESIAS LUIS CARLOS GUIMARÃES

VIII Concurso de Poesias Luís Carlos Guimarães

Podem participar do concurso candidatos nascidos no Rio Grande do Norte ou domiciliados no Estado, mediante comprovação.

• Os poemas devem ser inéditos.

• Funcionários da Fundação José Augusto e seus parentes diretos, bem como pessoas ligadas à Comissão julgadora, estão impedidos de participar.

• As inscrições deverão ser feitas entre os dias 14 de março a 29 de abril de 2013. (Prazo mínimo de 45 dias, conforme Art. 22, § 4o da Lei 8.666/93)

• Para os candidatos não residentes em Natal, a inscrição poderá ser realizada através de Carta Registrada (C.R) ou SEDEX, sendo considerada para os fins de recebimento a data da postagem nos Correios, não sendo aceito nenhuma inscrição realizada após o dia 29 de abril de 2013.

• Cada candidato poderá inscrever até 10 (dez) poemas, sendo exigido o número mínimo de 05 (cinco) poemas por Inscrição.

• Os poemas concorrentes devem ser entregues em quatro vias, sendo uma em CD e as outras três impressas, em quatro envelopes separados e lacrados. Estes quatro envelopes não poderão ser assinados nem possuir qualquer marca ou pseudônimo.

• No CD, deverão constar, obrigatoriamente, todos os poemas, mais uma pequena biografia do participante, endereço, e-mail e telefones. Recomenda-se usar o Word/Windows na digitação. Em caso de problemas com o CD, o participante será avisado e terá um prazo de 15 dias para resolver o problema.

• Os três envelopes com os poemas impressos e outro com o CD receberão a mesma numeração, definida pela organização do concurso, possibilitando a identificação do classificado após o julgamento.

• Os poemas e os dados dos autores deverão ser encaminhados ao Centro de Promoções Culturais da Fundação José augusto, localizado na Rua Jundiaí, nº 641, Tirol, Natal/RN, CEP: 59020-120, telefone: (84) 3232-5320. O regulamento também pode ser acessado no site www.fja.rn.gov.br ou http://www.secretariadeculturarn.blogspot.com.br.


3 – Do Recebimento:

• As inscrições serão recebidas pela Comissão Permanente de Licitação até a data 29/04/2013, onde serão aceitas as enviadas através de Carta Registrada (C.R) ou SEDEX, desde que dentro do prazo limite, sendo considerada a data da postagem.

4 – Do Julgamento:

• A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão constituída por três pessoas da área cultural indicadas pela Fundação José Augusto.

• A Comissão Julgadora do Concurso terá plena autonomia de julgamento, inclusive para selecionar o número de poemas vencedores que constarão do livro, não cabendo recurso às suas decisões.

• O resultado do concurso será divulgado na imprensa local.

• O processo de seleção e julgamento será registrado em ata firmada pelos membros da Comissão Julgadora.

• A Comissão Julgadora poderá deixar de conceder os prêmios, a seu critério, desde que justificado o motivo, bem como alterar o número de premiados.

5 – Premiação:

• O concurso premiará até 15 autores, cabendo aos três primeiros uma importância em dinheiro de, respectivamente, R$ 3.800,00, R$ 2.800,00 e R$ 1.750,00 e 50 exemplares do livro que será editado pela Fundação José Augusto com os trabalhos premiados. Aos demais premiados, caberão menções honrosas e 25 exemplares do referido livro.


6 – Das Disposições Finais:

• A Fundação José Augusto só aceitará inscrições dentro dos termos do concurso.

• Os participantes têm até 30 dias, após divulgação do resultado do concurso, para solicitar a devolução dos trabalhos inscritos. Após esse prazo, não haverá devolução.

• A qualquer tempo, este Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, por motivo de interesse público, sem que isso implique direito à indenização de qualquer natureza, aos candidatos/participantes.

VII CONCURSO DE OESIAS LUIS CARLOS GUIMARÃES

VIII Concurso de Poesias Luís Carlos Guimarães

Podem participar do concurso candidatos nascidos no Rio Grande do Norte ou domiciliados no Estado, mediante comprovação.

• Os poemas devem ser inéditos.

• Funcionários da Fundação José Augusto e seus parentes diretos, bem como pessoas ligadas à Comissão julgadora, estão impedidos de participar.

• As inscrições deverão ser feitas entre os dias 14 de março a 29 de abril de 2013. (Prazo mínimo de 45 dias, conforme Art. 22, § 4o da Lei 8.666/93)

• Para os candidatos não residentes em Natal, a inscrição poderá ser realizada através de Carta Registrada (C.R) ou SEDEX, sendo considerada para os fins de recebimento a data da postagem nos Correios, não sendo aceito nenhuma inscrição realizada após o dia 29 de abril de 2013.

• Cada candidato poderá inscrever até 10 (dez) poemas, sendo exigido o número mínimo de 05 (cinco) poemas por Inscrição.

• Os poemas concorrentes devem ser entregues em quatro vias, sendo uma em CD e as outras três impressas, em quatro envelopes separados e lacrados. Estes quatro envelopes não poderão ser assinados nem possuir qualquer marca ou pseudônimo.

• No CD, deverão constar, obrigatoriamente, todos os poemas, mais uma pequena biografia do participante, endereço, e-mail e telefones. Recomenda-se usar o Word/Windows na digitação. Em caso de problemas com o CD, o participante será avisado e terá um prazo de 15 dias para resolver o problema.

• Os três envelopes com os poemas impressos e outro com o CD receberão a mesma numeração, definida pela organização do concurso, possibilitando a identificação do classificado após o julgamento.

• Os poemas e os dados dos autores deverão ser encaminhados ao Centro de Promoções Culturais da Fundação José augusto, localizado na Rua Jundiaí, nº 641, Tirol, Natal/RN, CEP: 59020-120, telefone: (84) 3232-5320. O regulamento também pode ser acessado no site www.fja.rn.gov.br ou http://www.secretariadeculturarn.blogspot.com.br.


3 – Do Recebimento:

• As inscrições serão recebidas pela Comissão Permanente de Licitação até a data 29/04/2013, onde serão aceitas as enviadas através de Carta Registrada (C.R) ou SEDEX, desde que dentro do prazo limite, sendo considerada a data da postagem.

4 – Do Julgamento:

• A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão constituída por três pessoas da área cultural indicadas pela Fundação José Augusto.

• A Comissão Julgadora do Concurso terá plena autonomia de julgamento, inclusive para selecionar o número de poemas vencedores que constarão do livro, não cabendo recurso às suas decisões.

• O resultado do concurso será divulgado na imprensa local.

• O processo de seleção e julgamento será registrado em ata firmada pelos membros da Comissão Julgadora.

• A Comissão Julgadora poderá deixar de conceder os prêmios, a seu critério, desde que justificado o motivo, bem como alterar o número de premiados.

5 – Premiação:

• O concurso premiará até 15 autores, cabendo aos três primeiros uma importância em dinheiro de, respectivamente, R$ 3.800,00, R$ 2.800,00 e R$ 1.750,00 e 50 exemplares do livro que será editado pela Fundação José Augusto com os trabalhos premiados. Aos demais premiados, caberão menções honrosas e 25 exemplares do referido livro.


6 – Das Disposições Finais:

• A Fundação José Augusto só aceitará inscrições dentro dos termos do concurso.

• Os participantes têm até 30 dias, após divulgação do resultado do concurso, para solicitar a devolução dos trabalhos inscritos. Após esse prazo, não haverá devolução.

• A qualquer tempo, este Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, por motivo de interesse público, sem que isso implique direito à indenização de qualquer natureza, aos candidatos/participantes.

MÃE STELLA DE OXÓSSI ELEITA PARA A ACADEMIA DE LETRAS DA BAHIA


"A escolha de Mãe Stella de Oxóssi como membro da Academia de Letras da Bahia legitima a importância da literatura baseada nos saberes tradicionais, produzidos pelos negros e negras deste País. As raízes, tradições, crenças dos afro brasileiros recebem, mais um reconhecimento, no momento em que Mãe Stella é escolhida para representá-los.

A atitude pioneira de eleger uma mulher, negra, yalorixá para a Academia, reflete a resistência dos negros no campo das letras, ao ponto que Mãe Stella herda o espaço um dia ocupado pelo saudoso professor e historiador Ubiratan Castro, que entre 2003 e 2007, emprestou à Fundação Cultural Palmares sua sabedoria para a promoção da arte e da cultura afro brasileira.

A FCP entende que a cadeira 33 é uma privilegiada. Teve a honra de ser ocupada pelo brilhante professor Ubiratan e agora acolhe Mãe Stella de Oxóssi. É um grande ganho para Academia de Letras da Bahia que dá continuidade a caminhada de reconhecimentos, abrindo espaço para os muitos Ubiratans e Stellas que compõem a gente negra brasileira."

Okê Arô, a benção Mãe Stella!

Hilton Cobra

Presidente da Fundação Cultural Palmares


Maria Stella de Azevedo Santos é autora de vários livros que tratam da herança cultural africana e de como interpretá-las. Ganhou o prêmio jornalístico Estadão em 2001 e recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade do Estado da Bahia – UNEB em 2009 e da Universidade Federal da Bahia em 2005. É detentora da comenda Maria Quitéria (Prefeitura do Salvador), Ordem do Cavaleiro (Governo da Bahia) e Ordem do Mérito Cultural do Ministério da Cultura.


 

EXPOSIÇÃO SOBRE INDÍGENAS DO NORTE PARANAENSE NO MUSEU HISTÓRICO DE LONDRINA


sábado, 27 de abril de 2013

COMPOSITOR PAULO VANZOLINI É INTERNADO EM SP

O compositor e zoólogo Paulo Vanzolini, 89, está internado com pneumonia na UTI do hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Ele foi internado na noite de anteontem, dia de seu aniversário. Sua internação foi confirmada pelo hospital.

O compositor é autor de clássicos do samba paulistano como "Ronda", "Volta por Cima" e "Praça Clóvis".

Mais conhecido por suas composições, o músico é também um renomado zoólogo - foi diretor do Museu de Zoologia da USP, onde trabalhou por mais de 50 anos. 

CD E RECITAL DO DUO PALHETA AO PIANO DESTACAM OSVALDO LACERDA E MARLOS NOBRE

O duo curitibano Palheta ao Piano, formado em 2000 pelo clarinetista paraense Jairo Wilkins e pela pianista paranaense Clenice Ortigara, lança seu primeiro CD amanhã, com um recital no Pequeno Auditório da Universidade Positivo (R. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300), às 11 horas. A apresentação faz parte do projeto Música no Campus.

Os músicos apresentam o repertório gravado no CD, que inclui peças de compositores brasileiros, como Osvaldo Lacerda, Liduino Pitombeira, Lindembergue Cardoso, Marlos Nobre e Harry Crow (cuja obra “25 Esboços para Clarineta e Piano” foi feita especialmente para o duo em 2003), além de obras fundamentais para a formação, como “Première Rhapsodie”, de Debussy, e “Fantasiestücke, Op.73”, de Schumann.

 Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada). Mais informações pelo telefone (41) 3317-3118.

CONCERTO DA OSUEL AMANHÃ TRAZ BEETHOVEN, BRUCH E ROSSINI

2º Concerto da Temporada Ouro Verde 2013 da Osuel, domingo, às 10h30, no Com-Tour/UEL.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), na bilheteria do evento.

Na compra de dois ingressos, o terceiro é gratuito.

A promoção vale para inteira ou meia.

Obras der Beethoven, Max Bruch (foto) e Rossini.

CARLOS LYRA: SHOW ALÉM DA BOSSA

Carlos Lyra se apresenta hoje (27) e amanhã (28) no Espaço Furnas Cultural, com entrada franca.

O novo show do artista, "Além da Bossa", coloca em prática as suas influências musicais e revela os diferentes ritmos que fazem parte da Bossa Nova, alinhavando clássicos da canção brasileira, histórias de seus parceiros e composições novas, num espetáculo repleto de romantismo e de homenagens à nossa cidade.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

QUARTETO DE CORDAS CURTIS ON TOUR, NO BRASIL

O quarteto de cordas Curtis On Tour é a terceira atração da programação do Mozarteum Brasileiro no mês de abril e toca nos dias 29 e 30 na Sala São Paulo. O grupo é formado por professores e alunos do Curtis Institute, um dos principais conservatórios do mundo, localizado na Filadélfia, por onde passaram grandes nomes como Samuel Barber, Leonard Bernstein, Nino Rota, Hilary Hahn, Paavo Järvi e Lang Lang.

Em sua passagem pelo Brasil, o quarteto (formado por viola, violão, violino e violoncelo) será liderado pelo violista Roberto Díaz, ex-aluno e atual presidente e diretor do instituto. Virtuose no instrumento, Díaz foi membro de importantes orquestras, como a Sinfônica de Boston (sob direção do grande maestro Seiji Ozawa), a Orquestra do Minnesota e a Orquestra da Filadélfia, onde foi chefe de naipe. Completam o conjunto o violonista Jason Vieaux, o violinista Soovin Kim e o violoncelista John-Henry Crawford.

Destaque para este último, jovem talento de 19 anos e único aluno da formação atual do Curtis On Tour.
O programa contempla o tango Oblivion, de Piazzolla, em arranjo para violino, violoncelo e violão; o Duo para violino e violoncelo do húngaro Zoltán Kodály; Red trees, wrinkled cliffs, peça para guitarra e trio de cordas escrita sob encomenda para o Curtis Institute pelo sino-americano Zhou Tin, ex-aluno do conservatório; e o Quarteto para violão e cordas de Paganini.

Concorra a ingressosPara concorrer a ingressos para a apresentação da terça-feira, dia 30 de abril, envie um e-mail para concerto@concerto.com.br com seu nome, telefone e o título “Curtis On Tour”, até dia 29 às 16h.
Os sorteados terão os nomes divulgados na própria segunda-feira, às 17h  no Site CONCERTO:

www.concerto.com.br

BATERISTA DÁMASO CERRUTI MINISTRA OFICINA NO ARMAZÉM DO MÚSICO, EM LONDRINA

O baterista argentino Dámaso Cerruti, considerado um mestre no instrumento, vai ministrar uma oficina em Londrina nos dias 13, 14 e 15 de maio, das 19h às 22h, no Armazém do Músico (R. Pernambuco, 247).

Professor que desenvolveu sua própria didática, incluindo apostila, Dámaso Cerruti é autor de cinco livros, além de compositor e pedagogo.

 Os ingressos, com apostila e significado, saem por R$ 70.

Informações com Jaime Santos pelo fone 3361-2022.

COUNTRY PERDE GEORGE JONES

George Jones, um cantor country clássico, com uma voz cheia de emoção e uma vida marcada por confusões, morreu nesta sexta-feira aos 81 anos, disse seu porta-voz.

Jones, cuja carreira se estendeu por mais de seis décadas e incluiu sucessos como "He Stopped Loving Her Today" e "Window Up Above", morreu no Vanderbilt University Medical Center.

Nascido em Saratoga, Texas, em 12 de setembro de 1931, Jones começou a se apresentar ainda menino nas ruas da vizinha Beaumont. Sob a influência de Hank Williams, Ernest Tubb e Lefty Frizzell, gabaritou-se para se apresentar nos bares de estrada do leste do Texas.

Jones passou por um casamento precoce, um divórcio e uma temporada no corpo dos fuzileiros navais antes de seu primeiro hit, "Why Baby Why", em 1955. Sua primeira canção no topo das paradas, "White Lightning", veio em 1959, seguida por "Tender Years", em 1961.

As próximas duas décadas trouxeram uma série de 10 músicas de sucesso -- "If Drinkin' Don't Kill Me (Her Memory Will)," "Window Up Above," "She Thinks I Still Care," "Good Year for the Roses, "The Race Is On" e "He Stopped Loving Her Today", que Jones declarou ser sua favorita. Ele também teve uma temporada de sucesso em dueto com Melba Montgomery.
Ele também ganhou um Grammy por melhor apresentação nos EUA em 1980 por "He Stopped Loving Her Today".

MULHERES DE CHICO, EM MAIO, EM CURITIBA


Volta ao cartaz neste fim de semana o espetáculo “Mulheres de Chico”, que fica até dia 4 de maio no Teatro Regina Vogue.

A peça traz diversas releituras da obra de Chico Buarque, com destaque para as personagens femininas de suas canções. O teor é bastante cômico – como indica a escolha do nome – com a presença de esquetes performáticas em meio aos números musicais.

Entre as participações estão Léo Fressato e Simone Magalhães.

Serviço
“Mulheres de Chico”

Teatro Regina Vogue – Shopping Estação (Av. Sete de Setembro, 2.775), (41) 2101-8293. 6ª e sáb. às 21h30. R$30 e R$15 (meia-entrada).

 Até 4 de maio. Classificação indicativa: 14 anos.

BATUQUE NA CAIXA, NO MYSPACE

O Batuque na caixa ianugura sua página no myspace, com fotos, sua história , agenda de oficinas e shows e muita música!

Acesse a página do Batuque na caixa através do link abaixo:


www.myspace.com/601403444


quarta-feira, 24 de abril de 2013

PRÊMIO ITAÚ UNICEF 2013: EDUCAÇÃO INTEGRAL CRER E FAZER

O Prêmio Itaú-Unicef é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).


Seu objetivo é identificar, reconhecer e estimular o trabalho de organizações sem fins lucrativos que contribuem, em articulação com as políticas públicas de educação e de assistência social, em parceria com a escola pública, para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros em condições de vulnerabilidade socioeconômica, por meio do desenvolvimento de projetos socioeducativos que qualificam e fortalecem a ação pública.

Cada edição do Prêmio Itaú-Unicef tem a duração de dois anos. Nesses dois anos, o Prêmio atua em duas linhas de ação: 1. Mobilização para o processo de inscrição, avaliação e seleção de projetos socioeducativos e 2. Realização de ações de formação – presenciais e a distância – para os gestores e educadores sociais.

Portanto, com a efetivação da inscrição do projeto, os profissionais atuantes na organização serão convidados a participar das demais ações promovidas pelo Prêmio Itaú-Unicef.

Premiações Regionais

Cada uma das até 32 (trinta e duas) ONGs responsáveis pelos projetos vencedores regionais receberá, como prêmio, o valor de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais).

Premiação Nacional

Cada uma das ONGs responsáveis pelos até 4 (quatro) projetos vencedores nacionais receberá, além do prêmio de R$ 25.000,00, um prêmio no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais).
A ONG responsável pelo projeto grande vencedor receberá, além do prêmio de R$25.000,00, um prêmio no valor de R$ 225.000,00 (duzentos e vinte e cinco mil reais).

Importante

Os prêmios em dinheiro devem ser usados exclusivamente para execução dos projetos vencedores.
 

Regulamento e inscrição:

http://www.premioitauunicef.org.br/regulamento.html

http://www.premioitauunicef.org.br/inscreva_se.html

MUSEU BISPO DO ROSÁRIO ABRE 2 EXPOSIÇÕES

Complexo Cultural Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, localizado na antiga Colônia Juliano Moreira, na Taquara, apresenta as exposições Ressuscita-me e Sem Fronteiras.

A primeira mostra trabalhos de ex-internos da Casa de Saúde Dr. Eiras, no município de Paracambi, que encerrou as atividades em 2012.

A exposição coletiva Sem Fronteiras é composta de pinturas, fotografias, vídeos e instalações e inclui obras do próprio Arthur Bispo do Rosário.

MOSTRA E CONCURSO NACIONAL DE VIOLÃO FRED SCHNEITER DESTACAM OBRA DE SÉRGIO ROBERTO DE OLIVEIRA

A X Mostra e o VI Concurso Nacional de Violão Fred Schneiter, que neste ano acontecerá entre os dias 01 e 04 de outubro, no Conservatório Brasileiro de Musica, no Rio de Janeiro, vão lançar luz também à obra de Sergio Roberto de Oliveira. O compositor carioca, indicado ao Grammy Latino 2012 na categoria Melhor Álbum de Música Clássica com o CD “Prelúdio 21 – Quarteto de Cordas”, terá sua obra “Agitado” (1° movimento de “Umas Coisas do Coração”, indicada ao Grammy Latino 2011 na categoria Melhor Obra de Música Clássica Contemporânea) como uma das peças de confronto, ao lado de “Samba Rosa”, do Fred Schneiter.
 
Além disso, o concurso também vai oferecer o prêmio “Melhor Intérprete da Música de Sergio Roberto de Oliveira” e a X Mostra terá a estréia da sua obra “Tasto” para violão e orquestra de cordas, tendo como intérpretes Luis Carlos Barbieri e a Orquestra Jovem do Conservatório Brasileiro de Música, sob a regência de Ueslei Banus.
 
A Mostra de Violão Fred Schneiter foi realizada pela primeira vez em 2004. O intercambio com violonistas da América Latina e a regularidade bienal do Concurso são características que tornam o evento cada vez mais tradicional no meio cultural do violão latinoamericano.
 
Além de Sergio Roberto de Oliveira, a edição deste ano terá como convidados os violonistas Alberto Cumplido (Chile) e Esteban Ojeda (Venezuela), que estará se apresentando ao lado de seu Trio (violão, cuatro venezuelano e marcas). Também estará presente o vencedor do V Concurso Nacional de Violão Fred Schneiter/ 2011, o sul matogrossense Cyro Delvizio.
CONTATOS
Luis Carlos Barbieri (Diretor da Mostra)
amigosdamostra@gmail.com
Tel.: (21) 2451-5605 / 8308-3337

SINFONIA PASTORAL, DE BEETHOVEN, NA INTERPRETAÇÃO DA ORQUESTRA DO CONSERVATÓRIO DE TATUI

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria de Estado da Cultura e do Governo de São Paulo – apresenta-se na próxima quinta-feira, dia 2, às 20h30, no Teatro Procópio Ferreira, em Tatuí. O concerto tem regência de João Maurício Galindo e ingressos vendidos a R$ 12 (R$ 6 idosos, estudantes e aposentados), à rua São Bento, 415.
O concerto que abre as apresentações artísticas do mês de maio é composto por duas obras: “O Corsário”, de H. Berlioz, e “Sinfonia nº 6 – Pastoral”, de L. van Beethoven. A obra de Beethoven é o ponto alto do concerto. Com cinco movimentos diferentes, ela descreve a sensação em ambientes rurais.

A obra “Pastoral” é iniciada com o “despertar de sentimentos alegres diante da chegada ao campo”, passando por sensações à beira de um riacho e dança campestre. Em seguida, descreve uma “tempestade” e termina com um hino de ação de graças dos pastores, após a chuva. A composição é uma das mais conhecidas da fase romântica do compositor alemão e, além de ser reconhecida por sua importância ao repertório sinfônico, serviu de trilha sonora para filmes – entre eles, a animação de Walt Disney, produzida em 1940 e denominada “Fantasia”.
A outra composição que integra o concerto, “O Corsário”, é uma das sete aberturas de concertos de Berlioz. Conta-se que o compositor francês passava férias em Nice, em 1844, quando compôs esta abertura para orquestra. Com o título "La Tour de Nice", teve estreia em janeiro de 1845 no Olympique Cirque, Paris, sob regência do próprio Berlioz. Ele depois revisou a obra e, em 1852, a publicou com o título definitivo "O Corsário". Brilhante em sua escrita para as cordas, a abertura tem a típica vitalidade exuberante de Berlioz, e é uma de suas obras mais conhecidas e populares.

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí é um dos grupos pedagógico-artísticos da instituição. Regida por João Maurício Galindo há três anos, é um dos mais ativos grupos da instituição. Neste mês de maio, além do concerto da próxima quinta-feira, o grupo fará a apresentação da obra “Carmina Burana”, de Carl Orff, ao lado do Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí, no dia 29. O mesmo programa, depois de apresentado no Teatro Procópio Ferreira, será reapresentado na Sala São Paulo, por meio da série de concertos “Tucca – Música pela Cura”.
SERVIÇO
Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí
João Maurício Galindo, regência
02 de maio . Quinta-feira . 20h30
Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415 – Centro – Tatuí
Ingressos: R$ 12 (R$ 6 idosos, estudantes e aposentados). Bilheteria: de terça a sexta, das 18h às 19h; e no dia do evento, das 18h às 21h.
Informações: 15 3205-8444 / 15 3205-8433

ESTÂNCIA DA POESIA CRIOULA CELEBRA 100 ANOS DE FRANCISCO PEREIRA RODRIGUES

A Estância da Poesia Crioula em conjunto com a Academia Rio-Grandense de Letras e a União Brasileira de Trovadores tem a honra de convidar V. Sª e família para a solenidade de homenagem ao Centenário de vida do escritor
Francisco Pereira Rodrigues
Dia 25 de abril de 2013, a partir das 17:00 horas, no Palacio do Ministerio Publico do Rio Grande do Sul (Forte Apache), Esquina da Praça da Matriz com a Rua Jeronimo Coelho, Centro Historico de Porto Alegre - RS


Francisco Pereira Rodrigues

É advogado, político, poeta, romancista, contista e historiador.
Filho de Amaro Joaquim Rodrigues e Laudelina Pereira Rodrigues, de uma família de três irmãos, nasceu em 23 de abril de 1913, em Santo Amaro, na época distrito e sede do Município de General Câmara, no Rio Grande do Sul.
Um de seus irmãos, Lauro Pereira Rodrigues, falecido em 1978, era jornalista, radialista e político, tendo apresentado, em 1935, na Rádio Sociedade Gaúcha, o primeiro programa de atrações regionalistas no Rio Grande do Sul, Campereadas, e, em 1958, na Rádio Farroupilha, o programa Roda de Chimarrão, que, além da ênfase no tradicionalismo, falava de assuntos rurais e urbanos de Porto Alegre. Lauro Pereira Rodrigues foi, também, vereador nesta Casa, deputado estadual e deputado federal pelo Rio Grande do Sul.
Em 1939, Francisco Pereira Rodrigues casou-se com Maria Olga Serene Rodrigues, com quem teve seis filhos: Vitória, Ângela, Eduardo, Ronaldo, Francisco Filho e Américo. Após divorciar-se da primeira esposa, em 1980, casou-se com Eni Ribeiro Rodrigues, com quem viveu até seu falecimento, em 2004.
Cursou o ensino primário na sua terra natal e Santa Maria, e o ensino secundário nas cidades de Garibaldi e Canoas.
Sagrou-se Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Cruz Alta, onde foi orador de sua turma.
Iniciou sua vida profissional como auxiliar de escrita, escriturário e secretário geral da Prefeitura Municipal de Santo Amaro. Foi apontador de carga e conferente do Porto de Rio Grande, ajudante e fiel do Porto de Porto Alegre, escriturário da Exatoria Estadual de Santa Maria, vindo a aposentar-se como Fiscal do ICM do Estado do RS.
Como político, deixou uma marca importante no cenário político gaúcho, como um guerreiro em defesa do desenvolvimento e da qualidade de vida dos cidadãos. Foi um visionário que sempre privilegiou a educação e a cultura, desenvolvendo a vereança numa época em que os parlamentares não recebiam remuneração, tendo sidoVereador por Itaqui, de 1948 a 1952. Baluarte da democracia e do fortalecimento do poder legislativo, idealizou e foi o relator geral do 1° Congresso de Vereadores realizado no Brasil, em setembro de 1948.
Foi vereador pela cidade de Taquari de 1952 a 1956 e pela cidade de Farroupilha de 1956 a 1960, culminando por ser prefeito do município de General Câmara nos anos de 1960 a 1964.
Mudou-se para Porto Alegre há mais de 50 anos, onde tem construído um legado de cultura para todos os gaúchos e gaúchas.
A contribuição do escritor Francisco Pereira Rodrigues para a cena cultural gaúcha é significativa, pois já publicou 41 obras literárias, além de mais de uma centena de artigos sobre os mais diversos assuntos, contos, poesias, discursos, entrevistas, conferências em diversos jornais e Revistas Especializadas. Publicou ainda em seis antologias e foi colunista do jornal Correio do Povo no período de 1937 a 1988.
É citado no dicionário do regionalismo do Rio Grande do Sul, de Zeno Cardoso Nunes e Rui Carlos Nunes.
É Sócio Benemérito e foi Presidente da Estância da Poesia Crioula no período de 1988 a 1989.
É Membro Efetivo e Presidente de Honra da Academia Rio-Grandense de Letras, a qual presidiu no período de 1990 a 1996 e onde ocupa a Cadeira nº 29.
É Membro Honorário do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul.
Também pertence às seguintes entidades: Casa do Poeta Rio-Grandense, Grêmio Literário Castro Alves, União Brasileira de Escritores, Academia Sul-Brasileira de Letras, Sócio Benemérito da Ordem Brasileira dos Poetas da Literatura de Cordel.
Em 2011, após uma concorrida sessão de autógrafos, o escritor Francisco Pereira Rodrigues, prestou uma homenagem ao Correio do Povo. No estande da Record, entregou pessoalmente edições do livro "Correio do Povo e Eu - Memórias", seu mais recente trabalho, ao Diretor Administrativo do Correio do Povo, Eduardo Guedes, e ao Diretor de Redação, Telmo Flor. Na ocasião, também realizou a doação de 100 exemplares ao jornal. Editada pela Martins Livreiro, a obra reúne 49 artigos e crônicas publicadas pelo jornal entre 1937 e 1988.
Francisco Pereira Rodrigues, autor de inúmeros livros pretende encerrar sua carreira literária com este livro. "Falta pouco mais de um ano para cem anos, acho que é tempo de talvez reeditar alguns. Não escreveria mais", sentencia.
Entre as diversas láureas recebidas, destacam-se, em 12 de novembro de 2001, quando foi jubilado pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Rio Grande do Sul, em 12 de novembro de 2001. O jubilamento é conferido para os advogados que desempenharam um trabalho não só em prol da classe, mas também da cidadania e da Câmara Municipal de Porto Alegre, que através da Lei Nº 11.308, de 2 de julho de 2012, "Concede o título de Cidadão de Porto Alegre ao senhor Francisco Pereira Rodrigues."
CONSIDERAÇÕES
Darcy Azambuja o considerou um contista perfeito.
Moacyr Scliar tem-no como definitivamente registrado no nosso contexto cultural.
Jorge Amado o define como um escritor de indiscutível vocação e real interesse.
OPINIÃO
Francisco Pereira Rodrigues acredita que com as novas tecnologias, mesmo cada dia mais populares, o livro impresso ainda será parte do dia-a-dia dos jovens. “O livro nunca vai desaparecer”, finaliza.
Ao receber o troféu que a Câmara do Livro concedeu à Academia Rio-Grandense de Letras, o presidente Dr. Francisco Pereira Rodrigues proferiu breve discurso, finalizando que estava muito feliz, mas “o dia mais feliz de sua vida seria quando recebesse a notícia que não havia mais analfabetos no Brasil”.

LANÇAMENTO DA REVISTA NOSSA AMÉRICA HOY NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA


BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ ADQUIRE 2.000 NOVOS LIVROS

A partir de hoje, 24 de abril, o público da Biblioteca Pública do Paraná (BPP) tem à disposição mais 2 mil novos livros. As obras, todas em edições recentes, serão incorporadas ao acervo da Seção de Linguística e Literatura e já estão disponíveis para empréstimo no Hall de entrada da BPP.

A compra faz parte da política de renovação de acervo iniciada no começo de 2011 — desde então, três grandes compras foram realizadas, totalizando mais de 20 mil livros. Entre as novas aquisições, estão obras de autores nacionais, como o memorialista Pedro Nava, e estrangeiros, como a best-seller Stephenie Meyer, autora da saga Crepúsculo, que passam a integrar o acervo de mais de 400 mil exemplares da BPP.

Da literatura contemporânea, destacam-se títulos de Paulo Scott (Habitante irreal), do cultuado escritor norte-americano Charles Bukowski (Notas de um velho safado) e de Nelson Rodrigues que, além das mais recentes reedições de sua obra, também têm disponibilizada uma coletânea inédita de contos publicados na mítica coluna “A vida como ela é”, publicada entre os anos 1950 e 1960 em jornais cariocas.

“O restabelecimento do acervo da Biblioteca é uma das nossas prioridades. Ainda em 2013, a BPP vai investir R$ 1 milhão na compra de livros”, diz o diretor da BPP, Rogério Pereira. A seleção das obras foi escolhida por uma equipe composta por membros do Conselho Editorial da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná (Seec) e da BPP.

Serviço:
Dois mil novos livros na Biblioteca Pública do Paraná.
Data: de 24 abril de 2013.
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20h; aos sábados, das 8h30 às 13h.
Local: hall térreo da BPP (Rua Cândido Lopes, 133).
Informações: (41) 3221-4900.